Extratos Glicólicos: O que são e suas funções.

Extratos Glicólicos: O que são e suas funções.

Olá pessoal, como estão nessa semana de Natal? \o/
Não esqueçam de conferir os posts anteriores do Blog sobre Óleos Vegetais, Óleos Essenciais e Argilas!

Hoje vamos falar de mais um importante produto natural da Flora Fiora que gera muita curiosidade, os Extratos Glicólicos.

Os Extratos Glicólicos são extratos naturais, obtidos através da infusão de matérias primas naturais, ervas, plantas, folhas, frutas, flores e etc em um solvente hidro glicólico, no caso dos Extratos da Flora Fiora, o propilenoglicol. São extratos de alta concentração que contém muitos nutrientes da matéria prima e muito utilizados nos fitocosméticos.

Mas o que é o propilenoglicol?

O propilenoglicol é um produto de origem natural, sendo subproduto derivado do petróleo, ou seja, ele possui uma pequena partícula dele derivada do petróleo. É um produto muito utilizado na indústria cosmética, perfumaria, limpeza, e vários outros segmentos, com inúmeras funções, podendo ser umectante, plastificante, e principalmente como solvente. No caso dos extratos glicólicos, usa-se o propilenoglicol pois tem a capacidade de absorver as propriedades da matéria-prima para si próprio, tornando-se um líquido potente com as propriedades de cada matéria-prima, aproveitando ainda de sua forma aquosa, que não estimula a oleosidade, além de possuir um grau maior de propriedades cicatrizantes e antissépticas.

O propilenoglicol não é um produto de origem animal, não testado em animais, podendo ser usado por vegetarianos e veganos. Apesar de ser um produto derivado do petróleo, ele não é considerado um petrolato, sendo liberado para no poo e low poo, pois, diferente de silicones, parafinas e vaselinas, ele não cria nenhuma película protetora sobre os fios. Existem muitos produtos derivados do petróleo, assim como a gasolina, a borracha, os lubrificantes automotivos, alguns remédios, e até alguns tecidos sintéticos, e o propilenoglicol é o menor deles, pois usa-se uma parcela extremamente pequena do petróleo para sua produção, portanto, não se preocupe, pois com o uso dele, você não será responsável pela falta de petróleo no mundo!

Mas vamos voltar ao que interesse, aos extratos glicólicos, né? Hahahaha

Como utilizar os Extratos Glicólicos em tratamentos cosméticos:

Os extratos não podem ser utilizados puros diretamente na pele ou cabelos nem ingeridos (por conta do propilenoglicol), devendo sempre ser diluídos em outros produtos.

– Misturados em shampoos, cremes, cosméticos para pele ou cabelo:

Você pode escolher um extrato de acordo com seu tipo de cabelo e misturar com seu shampoo ou condicionador de uso diário, em máscaras hidratantes para potencializar o tratamento ou utilizar na fabricação de sabonetes.
A dosagem recomendada para o uso de extratos glicólicos é sempre de 1% a 10%, de acordo com sua necessidade e tipo de mistura, não podendo nunca passar de 10% no total. Por exemplo, se for utilizar apenas um extrato, você pode colocar até 10% dele, ou seja, até 10ml para cada 100ml de base (máscara, creme, shampoo, etc), caso for colocar dois extratos diferentes, use 5% para cada um dos extratos, se forem 3 extratos, podem ser 3% de cada um, e assim por diante. O total de porcentagem de extratos deve ser sempre 10%, mesmo que use extratos diferentes!

Cada extrato glicólico tem funções diferentes de acordo com a matéria prima. Podem ser emolientes, hidratantes, adstringentes, anti-inflamatórios, cicatrizantes, estimulantes para crescimento capilar, entre muitas outras propriedades. Por isso vale a pena pesquisar bem cada extrato para escolher qual o melhor para o que você busca.

Abaixo listamos alguns dos principais extratos por função:

Para oleosidade Alecrim, Limão, Hamamélis
Rejuvenescedor Broto de Bambu, Confrei, Ginseng
Cicatrizante e Acne Cavalinha, Sálvia
Crescimento Capilar Jaborandi, Guaraná, Alecrim
Clareador de manchas Pepino
Hidratante Abacateiro, Açaí

Conheça nossa linha de Extratos Glicólicos e veja qual se adequa melhor à sua necessidade!

Ficou com alguma dúvida? Escreva pra gente nos comentários!
Não deixem de nos seguir no Facebook e em nosso Instagram, para acompanhar todas as novidades.
Semana que vem voltamos com o último post de 2016! Até lá!

Beijos.

62 thoughts on “Extratos Glicólicos: O que são e suas funções.

  1. Mara disse:

    Olá, boa tarde!
    Eu quero fazer um sabonete em barra, 1kg de base, 100g de argila, para o extrato glicólico ou óleo vegetal, quanto eu poderia usar?
    Obrigada!

    • Tamiris disse:

      Olá, tudo bem?
      O óleo vegetal não tem quantidade recomendada, pode colocar o quanto deseja.
      Mas o extrato é sempre 5% do total da base, se sua base é 1kg, pode colocar até 50ml de extrato vegetal.

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Olá Vivi, não trabalhamos com esse extrato e o conhecimento que temos sobre o uso dos mesmo, é somente para uso cosmético, não recomendamos a utilização por ingestão, mesmo sendo a de enxague bucal.

  2. Andreia Batista disse:

    Boa noite, numa receita de tonico posso misturar um extrato vegetal e um extrato glicolico (produzidos com solventes diferentes)? exemplo, posso misturar misturar um extrato vegetal de hamamelis com um extrato glicólico de aloe vera? Minha dúvida, é se os solventes utilizados na produção dos extratos vão interferir no resultado final?

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Olá Andreia!
      Não há problema em misturar esses extratos, porém, lembre-se de seguir a dosagem recomendada dos extratos, caso tenha 100ml do tônico, misturar no total 10ml de extrato (ex: 5ml de extrato glicólico e 5ml de extrato vegetal). ;)

  3. Cláudia disse:

    Olá! Segundo o IBD, extratos obtidos utilizando o propilenoglicol como solvente não são permitidos em cosméticos naturais. Mas atualmente vejo extratos denominados “glicolicos” que utilizam a glicerina com solvente. Estou confusa, rss.

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Olá Cláudia!
      Nossos extratos são de origem VEGETAL, eles possuem a glicerina como solvente, já o extrato Glicólico é que possui o propilenoglicol como solvente, e todos possuem laudos técnicos para serem utilizados para fins cosméticos. ;)

  4. Rafael disse:

    Não sei se é verdade, mas me falaram que o propilenoglicol aplicado no cabelo deixa um efeito mais durinho (ex: minodixil) então gostaria de saber se, Mesmo os extratos glicolicos ja conterem propilenoglicol, posso adicionar mais a formular tipo 5 a 10% pra mim ter esse efeito ? e com ou sem propilenoglicol a Glicerina bi-destilada ? sem afetar eficacia do extratos glicolicos.. Obrigado.

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Olá Rafael, não temos conhecimento dessa informação se o extrato glicólico deixa o cabelo mais durinho.
      Contudo, também não trabalhamos mais com ele, somente com o extrato vegetal, que é extraídos a partir da percolação, utilizando como veículo a Glicerina Vegetal e o Álcool como solvente. ;)
      E sua dosagem recomendada é de até 10% sempre diluindo o produto em algum cosmético e nunca utilizando ele puro.

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Não necessariamente, mas caso queira, você pode adicionar o óleo essencial de melaleuca, que é um conservante natural, evitar guardar o tônico em local úmido e e consumir dentro do prazo de 60 dias, conforme indicamos em todos os produtos após aberto. ;)

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Olá! Nenhum dos extratos tem aroma, então se for esse o propósito o interessante é o uso de óleos essenciais que tem cheiro e ajudam também na ação desodorante, como o Melaleuca por exemplo.

  5. joanazdasilva disse:

    Saberia me dizer se para fins medicinais (ex: pomada de dor) seria interessante usar uma dosagem maior, tipo 20% de extrato?
    E devo evaporar o álcool em banho maria antes de misturar com o cosmético? Se sim, meço 10% antes de evaporar certo?

    Obrigada pelas infos.

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Não é recomendado em nenhum caso ultrapassar a dosagem indicada pelo fabricante. Não precisa evaporar o álcool, ele é usado na composição e não há necessidade desse procedimento.

  6. Luciana Figueiró Santos disse:

    Olá! O extrato glicólico pode ser confeccionado a partir de qualquer planta? Aveia e babosa, por exemplo, podem ser usadas? O extrato pode ser misturado a algum chá? Ou só é recomendada a mistura com soro e água? Obrigada pelas dicas!

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Os extratos glicólicos tem álcool e propilenoglicol, por isso tem cheiro forte. Misturados na dosagem correta o cheiro já ameniza bastante, se quiser pode acrescentar óleo essencial na mistura para ajudar.

  7. Gisa disse:

    Olá..

    Os extratos glicólicos podem ser considerados produtos naturais? O que seria esse propilenoglicol? Eles tem cheiro igual uma essência ?

    Desde já, grata.

    • Equipe Flora Fiora disse:

      O propilenoglicol é um produto de origem natural, sendo subproduto derivado do petróleo, ou seja, ele possui uma pequena partícula dele derivada do petróleo. É um produto muito utilizado na indústria cosmética, perfumaria, limpeza, e vários outros segmentos, com inúmeras funções, podendo ser umectante, plastificante, e principalmente como solvente. No caso dos extratos glicólicos, usa-se o propilenoglicol pois tem a capacidade de absorver as propriedades da matéria-prima para si próprio, tornando-se um líquido potente com as propriedades de cada matéria-prima, aproveitando ainda de sua forma aquosa, que não estimula a oleosidade, além de possuir um grau maior de propriedades cicatrizantes e antissépticas.

      O propilenoglicol não é um produto de origem animal, não testado em animais, podendo ser usado por vegetarianos e veganos. Apesar de ser um produto derivado do petróleo, ele não é considerado um petrolato, sendo liberado para no poo e low poo, pois, diferente de silicones, parafinas e vaselinas, ele não cria nenhuma película protetora sobre os fios. Existem muitos produtos derivados do petróleo, assim como a gasolina, a borracha, os lubrificantes automotivos, alguns remédios, e até alguns tecidos sintéticos, e o propilenoglicol é o menor deles, pois usa-se uma parcela extremamente pequena do petróleo para sua produção, portanto, não se preocupe, pois com o uso dele, você não será responsável pela falta de petróleo no mundo!

      Não tem cheiro igual os óleos essenciais. São produtos naturais também :)

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Olá Erisvania :) Nosso shampoo neutro pode ser utilizado como sabonete líquido também, ele é livre de sulfatos e você pode adicionar os extratos que preferir. Obrigada pela sugestão!

    • Equipe Flora Fiora disse:

      Pode sim, Thuane!
      Lembrando da dosagem recomendada também, de 10% de extrato, e aconselhamos também o uso da água deionizada ou desmineralizada, que para cosméticos ela é a melhor a ser usada! ;)

          • Petrucio da Costa disse:

            Corroborando a afirmativa da Equipe Flora Flora, a qual parabenizo pela excelente iniciativa de instruir as pessoas.
            Deionização e um sistema para desmineralizar a água, através de 2 torres desmineralizadoras, catiônica e aniônica.

  8. alexandre disse:

    Posso fazer um creme adicionando na base não ionica 3 tipos de óleos vegetais mais 3 tipos de extratos glicolicos mais vitaminas A e vitamina E + acido salicilico?

Deixe seu comentário

Primeira vez aqui?

GANHE 5% OFF

Use o cupom BEMVINDO5 e ganhe desconto na sua primeira compra em nosso site!
CRIAR CONTA!
*Válido para compras acima de R$150, realizadas até 31/11/2019.
close-link
X
1
Olá! :D
Podemos te ajudar em algo?
Powered by